Mais de tudo....um pouco.

05
Mai 07

Vejam bem....

 

Raptos acontecem às centenas todos os dias...

 

Crianças são mal tratadas por pessoas às quais não dizem nada.

 

O medo de uma criança numa situação destas é simplesmente indescritível e certamente assustador.

 

Se me permitem expressar a minha opinião, acho que todos sabemos que por este mundo fora existem pessoas mal intencionadas e capazes de cometer qualquer tipo de crime em qualquer pais. Não é por ser em Portugal ou na China ou até mesmo em Inglaterra que uma situação destas não acontece, porque, como sabemos, pode acontecer em qualquer país independentemente do grau de civilização.

 

Agora deixar três crianças daquela idade sozinhas em casa...o que procuram!!!Que estupidez é esta??? Onde tinham os pais da Madeleine a cabeça para fazer um coisa destas? Têm serviço de Baby-sitting no resort...usem-no. Não têm cabeça para educar três crianças....falem com a assistência social...

 

Mas culpar a policia portuguesa por negligência ...por amor de Deus olhem para quem fez a asneira, vejam quem realmente é culpado. Certamente que não será a policia portuguesa que, sem margem para duvida estará a fazer um bom trabalho para tentar recuperar a criança de 3 anos que os ignorantes dos pais deixaram em casa a cuidar dos irmão mais novos. Totalmente surrealista... como se fosse uma criança de 20 anos a cuidar dos irmão de 10...

 

Peço desculpa mas considero que os pais não têm condições para educar três crianças. Esta é a minha conclusão sobre tudo isto.

 

Em relação à Madeleine , espero do fundo do coração que a encontrem rápido e que ela esteja bem.

 

 

 

publicado por Zam às 13:40
sinto-me: com raiva
música: o silêncio é melhor que tudo nest altura.
tags:

5 comentários:
Concordo completamente.
E agora vêm os convencidos dos ingleses dizer que a policia portuguesa é isto ou aquilo... se os paizinhos da criança estivessem a fazer o que deviam, que era tomar conta delas, nada disto tinha acontecido.
E mais, alguma coisa nesta história cheira a esturro.
Mari a 9 de Maio de 2007 às 18:27

Faz hoje 10 anos 10 de Maio de 1997 que o meu filho hoje com 12 anos (tinha 2 anos e 10 meses na altura), desapareceu de casa, por isso hoje mesmo passados 10 anos tenho uma ideia do que sentem os pais da menina desaparecida , sei o desespero que é procurar uma criança de quase 3 anos, ver a noite a chegar a inacção da GNR de Loulé entretanto chamada que se limitava a dizer "começamos as buscas pela manha" numa inércia total sentados dentro do Jipe , como se fosse possível aos pais irem para a cama dormir e acordar de manha para procurar o seu filho, foi assim que guiado por um outro cão encontrei a 1 km de minha casa (vivemos no campo) numa zona de arbustos, o meu filho sentado com o outro cão ao colo, quando lhe disse "Filho saíste de casa sozinho?" ele respondeu serenamente "Não, saí com o cão"....eram 22.30.
4niko a 10 de Maio de 2007 às 23:11

Compreendo perfeitamente o seu sentimento, não porque já tenha passado por isso mas porque acho que não pode haver maior angustia que o sentimento de perder algum que queremos acima de tudo na vida e que sabemos não se poder defender dos perigos deste mundo.

De qualquer das formas acho que a irresponsabilidade dos pais de Madeleine é muito grande e que isso, embora não apague a dor que eles possam sentir, é reflexo de uma grande incapacidade de educar os filhos. Considero também que não é o turismo português e os portugueses que devem sofrer consequências por isto tudo.
Zam a 11 de Maio de 2007 às 16:17

Sempre tive uma opinião miuio pessoal sobre a história da pequenina Madeleine...

Sou mãe, melhor ainda, sou mãe galinha de um menino super sociável...ora, tendo em conta toda a informação com a qual sou bombardeada todos os dias pelos media e não só e conhecendo bem o meu filho, não descurando o factor idade (6 aninhos) fiquei aterrorizada quando ouvi esta história pela primeira vez...
Como é k é possível isto acontecer? Estes pais vivem onde? Marte?
..os ingleses têm uma particularidade muito grande que acompanha com certeza a passo a sua cultura...ou andam com os miúdos presos com uma coleira tal qual cão ou então são extremamente liberais e burros ao ponto de uma situação destas acontecer..

Uma coisa é certa e ninguém pode apontar dedos porque educar é realmente uma tarefa ardúa e os miúdos fazem-nos cegos (passo a expressão) mas este género de facilitismo é algo que o meu filho nunca terá de mim...
Martine a 11 de Julho de 2007 às 14:02

A verdade é que a menina ainda não apareceu, o mais certo é que nunca apareça......embora eu ainda tenha esperanças não sei não.......90% das crianças que que são dadas como desaparecidas nunca são encontradas essa é a realidade.......Um bj muito grande para os pais e muita força.
Susana a 10 de Setembro de 2007 às 17:28

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
23
24

29
30
31


pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO